Workshop prático preparação de candidaturas SME Instrument Horizonte 2020

Workshop prático preparação de candidaturas SME Instrument Horizonte 2020

26 de Setembro de 2016, ANJE
INSCRIÇÕES FECHAM DIA 22/SET

A ANJE em conjunto com a AAVANZ organiza o workshop prático “Preparação de candidaturas ao SME Instrument – Horizonte 2020″ no próximo dia 14 de Setembro, nas suas instalações em Algés. O SME Instrument é um programa enquadrado no Horizonte 2020 que pretende acelerar a introdução de tecnologias, produtos e serviços promissores no mercado. Após o workshop, os participantes terão recolhido os conhecimentos necessários para efetuar uma candidatura a este programa de financiamento.

Para mais informações visite o site da ANJE

Sessão introdutória a projectos de IDI e programas de financiamento

IDI Funding – Sessão introdutória a projectos de IDI e programas de financiamento

23 de Maio de 2016 17:00 – 19:00

Auditório do TecLabs Centro de Inovação Campus da FCUL, Campo Grande, 1749-016 Lisboa

O Tec Labs Centro de Inovação em conjunto com a AAVANZ Lda. organiza uma sessão introdutória sobre projectos de IDI (I&D e Inovação) e programas de financiamento, nacionais e internacionais como Portugal 2020 e Horizon 2020. Vão ser apresentadas as motivações e razões de base para programas de IDI, e como é que uma organização deve posicionar-se estrategicamente para beneficiar dos mesmos. Vão ser abordadas as principais diferenças entre os maiores programas de financiamento disponíveis, explicar benefícios, factores de sucesso e projectos que tipicamente são financiados, dando exemplos de concursos próximos (2016-2017).

 

Participação gratuita mas com inscrição obrigatória até dia 19 de Maio de 2016!

Mais informações e inscrições: info@aavanz.com

Link: http://goo.gl/forms/IzQHyo1Dyz

VISposter_IDI-Funding2

Formação H2020 – Sessão Abril 2016

Inscrições para a Formação Prática para PMEs, start-ups e Empreendedores

Preparação de propostas para o programa H2020 – I&D e Inovação: Horizon 2020 – Projectos em consórcio – IA e RIA – Innovation Actions e Research and Innovation Actions

Local: LISPOLIS, Lisboa, com 2 coffee-breaks (almoço livre)

       Sessão de 6,7 e 8 de Abril/2016 Horário: 09:00 às 18:00

Inscrições são aceites até dia 31 de Março de 2016 através deste link. Mais informações: info@aavanz.com

Inscrição (inclui certificado de frequência) – 300 €  + IVA

Desconto de 10% para empresas instaladas no LISPOLIS

Desconto de 10% para 2 ou mais participantes da mesma organização

A inscrição dá ainda acesso ao sistema de e-learning da AAVANZ, para actualizações futuras de informação sobre o H2020.

A realização da formação está condicionada à inscrição de um mínimo de participantes. 

O Horizon 2020 (H2020) é o maior programa Europeu de I&D e Inovação, com cerca de 80.000 Milhões de Euros de financiamento, decorre de 2014 a 2020 e tem foco nos desafios societais e na competitividade industrial.

Dia 1

Introdução Geral aos programas Europeus de I&D e Inovação

– Introdução ao H2020 – estrutura e objectivos

– Instrumentos de financiamento no H2020 para PMEs e start-ups – regras, tipos de projectos e áreas tecnológicas: H2020 em consórcio vs SME instrument

Candidatura H2020 – introdução e estrutura

– Regras de elegibilidade, Objectivos, fases, tópicos abertos

– Uma candidatura H2020 – visão de alto nível

– O processo de preparação, registo da organização, validação de SME, componentes administrativas e orçamentais

– Papel dos avaliadores e inscrição como avaliador(a)

Apresentação de uma candidatura genérica ao H2020

Exemplo de como um projecto de I&D pode ser apresentado ao H2020:

– Decisão de concorrer e escolha da área tenológica

– Planeamento do timing dos concursos e fases do projecto

– Aspectos detalhados de financiamento, avaliação, operação financeira e preparação da candidatura

Dia 2

Apresentação da estrutura detalhada da candidatura

– Secções: excelência tecnológica/científica, implementação e impacto

– Aspectos detalhados de financiamento, avaliação, orçamento e preparação da candidatura

– Pesquisa de consórcio e estado da arte

– Políticas Europeias relevantes

– O que fazer e o que não fazer numa candidatura

Caso prático dos participantes – Workshop

– Elaboração de uma candidatura de alto nível – outline proposal – com base numa ideia dos participantes – trabalho prático

– Exemplo de Candidatura H2020 (continuação)

Dia 3 

Continuação do caso prático dos participantes – Workshop

Trabalho de grupo em exemplos de candidaturas H2020 (continuação)

Os materiais da formação em Inglês, para maior proximidade à língua de preparação de candidaturas e ao contexto internacional. As sessões serão realizadas em Português.

 

Formador

 

Nuno Cunha                    CEO AAVANZ

Empresário, associado da Beta-i e arquitecto de projectos inovadores. Licenciado em Engenharia Informática e de Computadores pelo (IST) com pós graduações em Prospectiva, Estratégia e Inovação (ISEG) e Competitividade e Estratégia para o desenvolvimento das Empresas (ISEG). Especializado em Tecnologia, Gestão, Finanças e programa Europeus de financiamento à I&D e Inovação. Foi co-fundador da Tekever, tendo passado pela Link, Critical Software e PEMAS. Participou na génese de várias start-ups de base tecnológica e realizou diversas candidaturas a fundos Europeus (FP5, FP6, FP7, CIP e H2020) e nacionais (PRIME e QREN).

CV Completo

Informação e testemunhos de edições anteriores

Formação SME Instrument Julho/2015

Testemunhos – Edição de Setembro de 2014, Lisboa

Sou responsável por apoiar as empresas instaladas no LISPOLIS e inscrevi-me nesta formação para obter a informação necessária para poder informar as empresas sobre possíveis oportunidades no H2020 e sobre como funciona. Para além de ter conseguido toda a informação, teórica e prática, que procurava obter com a formação, construiu-se também uma parceria entre a AAVANZ e o LISPOLIS para tudo o que seja H2020. Pedro Rebordão, LISPOLIS, Director

Recomendo o programa de formação AAVANZ relacionada com os diversos veículos de financiamento europeu para projectos inovadores. Na minha opinião a AAVANZ faz um excelente trabalho de facilitação do acesso a estes mecanismos, ao seu enquadramento legal, garantindo condições de elegibilidade e juntando a experiência de análise numa multiplicidade grande de projectos e diferentes enquadramentos. Ricardo Andorinho, MBU, Founder and Business Developer

Formação pertinente, bem estruturada e formadores de grande qualidade e domínio dos temas abordados. Luís Reis, Sócio-Gerente iWays

Recomendo esta formação pois é uma forma de perceber o potencial de projectos a concorrer e as oportunidades de financiamento no SME Instrument. Raquel Pires, Consultora, Invest 2020

 

Edição de Fevereiro de 2015, Porto, ANJE

Foi para mim muito importante ser capaz de comparar os conhecimentos teóricos à práctica. Gostei muito do regime – grupo pequeno, atmosfera de discussão dinâmica, workshop bem estruturado e gerido. O intercâmbio de boas prácticas, bem como de problemas e desafios actuais fez-me perceber muitos aspectos e gerou algumas novas ideias para implementar. Nuno Cunha (AAVANZ) é excelente! Suzana Alípio, Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), Diretora Executiva da Unidade de Empreendedorismo & Inovação

Pessoalmente, considero que a formação de SME Instrument foi muito bem organizada e estruturada, com a selecção de conteúdos programáticos fundamentais à aquisição das competências necessárias para uma candidatura de sucesso, procurando esclarecer questões práticas de uma candidatura, de uma forma criativa e eficaz. Gostaria igualmente de salientar o excelente desempenho dos formadores pela clareza e competência técnica que demonstraram. Dário Gaspar, TIMwe, Fund Raising Specialist

Inscrições para a Formação Prática para PMEs, start-ups e Empreendedores
Preparação de propostas para o programa H2020 – I&D e Inovação: Horizon 2020 – SME Instrument

Local: LISPOLIS, Lisboa

Sessão de 22, 23 e 24 de Julho de 2015 Horário: 09:00 às 18:00, com 2 coffee-breaks (almoço livre)

A realização da formação está condicionada à inscrição de um mínimo de participantes. Inscrições são aceites até dia 20 de Julho através deste link.

O Horizon 2020 (H2020) é o maior programa Europeu de I&D e Inovação, com cerca de 80.000 Milhões de Euros de financiamento, decorre de 2014 a 2020 e tem foco nos desafios societais e na competitividade industrial.

Esta formação prática será focada no SME[1] Instrument do H2020, um novo tipo de projecto nos programas Europeus que pretende acelerar a introdução de tecnologias promissoras, serviços, processos ou produtos no mercado mundial. Com concursos abertos em permanência, as próximas deadlines são a 17 de Junho de 2015 e 17 de Setembro de 2015.

O SME Instrument cobre as 3 fases do ciclo de inovação:

– Fase 1: análise do conceito e avaliação de viabilidade

– Fase 2: actividades de I&D, demonstração e replicação de mercado (inovação)

– Fase 3: comercialização e financiamento (crescimento e atracção de investidores)

Business Coaching financiado nas Fases 1 e 2

Destina-se a SMEs altamente inovadoras com ambições globais, com potencial de alto crescimento, que queiram criar disrupção em mercados e redes de valor já existentes.

Em 2015 estão disponíveis cerca de 260 Milhões de Euros de financiamento.

 

Preço (inclui certificado de frequência):

- Formação Base  (dias 1 e 2) – 250 € + IVA

- Workshop Práctico Colectivo (dia 3) – 100 € + IVA

- Formação Base + Workshop Práctico Colectivo (dia 3) – 300 €[2] + IVA

 

Inscrições até 20 de Julho de 2015

Inscrições limitadas ao máximo de 20 participantes – Informações: info@aavanz.com

 

22 de Julho/2015       Sessão 1

Introdução Geral aos programas Europeus de I&D e Inovação

– Introdução ao H2020 – estrutura e objectivos

– Instrumentos de financiamento no H2020 para PMEs e start-ups – regras, tipos de projectos e áreas tecnológicas

SME Instrument – introdução e estrutura

– Regras de elegibilidade, Objectivos, fases, tópicos abertos

– Uma candidatura SME Instrument – visão de alto nível

– O processo de preparação, registo da organização, validação de SME, componentes administrativas e orçamentais

– Papel dos mentores e inscrição como mentor

Apresentação de uma candidatura genérica ao SME instrument

Exemplo de como um projecto de I&D pode ser apresentado ao SME Instrument:

– Decisão de concorrer e escolha da área tenológica

– Planeamento do timing dos concursos – fases 1, 2 e 3

– Apresentação da elaboração da candidatura na fase 1: as diferentes fases de um estudo de viabilidade

– Aspectos detalhados de financiamento, avaliação, operação financeira e preparação da candidatura

23 de Julho/2015       Sessão 2

Apresentação da elaboração da candidatura na fase 2

– A fase 2: do estudo de viabilidade até ao scale-up de um projecto empresarial

– Aspectos detalhados de financiamento, avaliação, operação financeira e preparação da candidatura

– O que fazer e o que não fazer numa candidatura de fase 2

Caso prático dos participantes – Workshop

– Elaboração de uma candidatura de alto nível – outline proposal – para a fase 1 com base numa ideia dos participantes – trabalho prático

– Actividades expectáveis na fase 3

24 de Julho/2015       Sessão 3 (aberta a participantes nas anteriores edições)

Continuação do caso prático dos participantes – Workshop

Trabalho de grupo em exemplos de candidaturas

Os materiais da formação em Inglês, para maior proximidade à língua de preparação de candidaturas e ao contexto internacional. As sessões serão realizadas em Português.

 

Formadores

 

Nuno Cunha                    CEO AAVANZ

Empresário, associado da Beta-i e arquitecto de projectos inovadores. Licenciado em Engenharia Informática e de Computadores pelo (IST) com pós graduações em Prospectiva, Estratégia e Inovação (ISEG) e Competitividade e Estratégia para o desenvolvimento das Empresas (ISEG). Especializado em Tecnologia, Gestão, Finanças e programa Europeus de financiamento à I&D e Inovação. Foi co-fundador da Tekever, tendo passado pela Link, Critical Software e PEMAS. Participou na génese de várias start-ups de base tecnológica e realizou diversas candidaturas a fundos Europeus (FP5, FP6, FP7, CIP e H2020) e nacionais (PRIME e QREN).

Tobias Schoofs               Innovation Manager AAVANZ

Consultor, programador e coordenador de projectos com 20 anos de experiência em projectos industriais e de R&D (FP6, FP7, Horizon 2020).Estudou linguística computacional na universidade de Colónia (Alemanha). Especializado em tecnologia com vasta experiência em aeronáutica, espaço, segurança, logística, sistemas operativos, inteligência artificial e outras áreas. Especializado também em gestão de projectos, estratégia de inovação e programas de R&D europeus. Trabalhou em Portugal com Netpeople (Glintt) e Skysoft (GMV) onde era líder do grupo de R&D em sistemas embarcados.

A AAVANZ oferece serviços de gestão de inovação e suporta PMEs e start-ups a obter financiamento em programas Europeus de I&D e Inovação para suportar o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços. Áreas de actuação: projectos de ICT, Aeroespacial, Segurança, Transportes, Ambiente, Energia e Saúde.

 


[1] Small and Medium Enterprise (PME)

[2] Desconto de 10% para 2 ou mais participantes da mesma organização

Formação SME Instrument Maio/2015

Testemunhos – Edição de Setembro de 2014, Lisboa

Sou responsável por apoiar as empresas instaladas no LISPOLIS e inscrevi-me nesta formação para obter a informação necessária para poder informar as empresas sobre possíveis oportunidades no H2020 e sobre como funciona. Para além de ter conseguido toda a informação, teórica e prática, que procurava obter com a formação, construiu-se também uma parceria entre a AAVANZ e o LISPOLIS para tudo o que seja H2020. Pedro Rebordão, LISPOLIS, Director

Recomendo o programa de formação AAVANZ relacionada com os diversos veículos de financiamento europeu para projectos inovadores. Na minha opinião a AAVANZ faz um excelente trabalho de facilitação do acesso a estes mecanismos, ao seu enquadramento legal, garantindo condições de elegibilidade e juntando a experiência de análise numa multiplicidade grande de projectos e diferentes enquadramentos. Ricardo Andorinho, MBU, Founder and Business Developer

Formação pertinente, bem estruturada e formadores de grande qualidade e domínio dos temas abordados. Luís Reis, Sócio-Gerente iWays

Recomendo esta formação pois é uma forma de perceber o potencial de projectos a concorrer e as oportunidades de financiamento no SME Instrument. Raquel Pires, Consultora, Invest 2020

 

Edição de Fevereiro de 2015, Porto, ANJE

Foi para mim muito importante ser capaz de comparar os conhecimentos teóricos à práctica. Gostei muito do regime – grupo pequeno, atmosfera de discussão dinâmica, workshop bem estruturado e gerido. O intercâmbio de boas prácticas, bem como de problemas e desafios actuais fez-me perceber muitos aspectos e gerou algumas novas ideias para implementar. Nuno Cunha (AAVANZ) é excelente! Suzana Alípio, Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), Diretora Executiva da Unidade de Empreendedorismo & Inovação

Pessoalmente, considero que a formação de SME Instrument foi muito bem organizada e estruturada, com a selecção de conteúdos programáticos fundamentais à aquisição das competências necessárias para uma candidatura de sucesso, procurando esclarecer questões práticas de uma candidatura, de uma forma criativa e eficaz. Gostaria igualmente de salientar o excelente desempenho dos formadores pela clareza e competência técnica que demonstraram. Dário Gaspar, TIMwe, Fund Raising Specialist

Inscrições para a Formação Prática para PMEs, start-ups e Empreendedores
Preparação de propostas para o programa H2020 – I&D e Inovação: Horizon 2020 – SME Instrument
LISPOLIS, Lisboa

Sessão de 13,14 e 15 de Maio de 2015 Horário: 09:00 às 18:00

A realização da formação está condicionada à inscrição de um mínimo de participantes. Inscrições são aceites até dia 30 de Abril através deste link.

O Horizon 2020 (H2020) é o maior programa Europeu de I&D e Inovação, com cerca de 80.000 Milhões de Euros de financiamento, decorre de 2014 a 2020 e tem foco nos desafios societais e na competitividade industrial.

Esta formação prática será focada no SME[1] Instrument do H2020, um novo tipo de projecto nos programas Europeus que pretende acelerar a introdução de tecnologias promissoras, serviços, processos ou produtos no mercado mundial. Com concursos abertos em permanência, as próximas deadlines são a 17 de Junho de 2015 e 17 de Setembro de 2015.

O SME Instrument cobre as 3 fases do ciclo de inovação:

– Fase 1: análise do conceito e avaliação de viabilidade

– Fase 2: actividades de I&D, demonstração e replicação de mercado (inovação)

– Fase 3: comercialização e financiamento (crescimento e atracção de investidores)

Business Coaching financiado nas Fases 1 e 2

Destina-se a SMEs altamente inovadoras com ambições globais, com potencial de alto crescimento, que queiram criar disrupção em mercados e redes de valor já existentes.

Em 2015 estão disponíveis cerca de 260 Milhões de Euros de financiamento.

Localização: LISPOLIS, Lisboa

Datas: 13,14 e 15 de Maio de 2015 – Horário: 09:00 às 18:00, com 2 coffee-breaks (almoço livre)

 

Preço (inclui certificado de frequência):

- Formação Base  (dias 1 e 2) – 250 € + IVA

- Workshop Práctico Colectivo (dia 3) – 100 € + IVA

- Formação Base + Workshop Práctico Colectivo (dia 3) – 300 €[2] + IVA

 

Inscrições até 30 de Abril de 2015

Inscrições limitadas ao máximo de 20 participantes – Informações: info@aavanz.com

 

13 de Maio/2015       Sessão 1

Introdução Geral aos programas Europeus de I&D e Inovação

– Introdução ao H2020 – estrutura e objectivos

– Instrumentos de financiamento no H2020 para PMEs e start-ups – regras, tipos de projectos e áreas tecnológicas

SME Instrument – introdução e estrutura

– Regras de elegibilidade, Objectivos, fases, tópicos abertos

– Uma candidatura SME Instrument – visão de alto nível

– O processo de preparação, registo da organização, validação de SME, componentes administrativas e orçamentais

– Papel dos mentores e inscrição como mentor

Apresentação de uma candidatura genérica ao SME instrument

Exemplo de como um projecto de I&D pode ser apresentado ao SME Instrument:

– Decisão de concorrer e escolha da área tenológica

– Planeamento do timing dos concursos – fases 1, 2 e 3

– Apresentação da elaboração da candidatura na fase 1: as diferentes fases de um estudo de viabilidade

– Aspectos detalhados de financiamento, avaliação, operação financeira e preparação da candidatura

14 de Maio/2015       Sessão 2

Apresentação da elaboração da candidatura na fase 2

– A fase 2: do estudo de viabilidade até ao scale-up de um projecto empresarial

– Aspectos detalhados de financiamento, avaliação, operação financeira e preparação da candidatura

– O que fazer e o que não fazer numa candidatura de fase 2

Caso prático dos participantes – Workshop

– Elaboração de uma candidatura de alto nível – outline proposal – para a fase 1 com base numa ideia dos participantes – trabalho prático

– Actividades expectáveis na fase 3

15 de Maio/2015       Sessão 3 (aberta a participantes nas anteriores edições)

Continuação do caso prático dos participantes – Workshop

Trabalho de grupo em exemplos de candidaturas

Os materiais da formação em Inglês, para maior proximidade à língua de preparação de candidaturas e ao contexto internacional. As sessões serão realizadas em Português.

 

Formadores

 

Nuno Cunha                    CEO AAVANZ

Empresário, associado da Beta-i e arquitecto de projectos inovadores. Licenciado em Engenharia Informática e de Computadores pelo (IST) com pós graduações em Prospectiva, Estratégia e Inovação (ISEG) e Competitividade e Estratégia para o desenvolvimento das Empresas (ISEG). Especializado em Tecnologia, Gestão, Finanças e programa Europeus de financiamento à I&D e Inovação. Foi co-fundador da Tekever, tendo passado pela Link, Critical Software e PEMAS. Participou na génese de várias start-ups de base tecnológica e realizou diversas candidaturas a fundos Europeus (FP5, FP6, FP7, CIP e H2020) e nacionais (PRIME e QREN).

Tobias Schoofs               Innovation Manager AAVANZ

Consultor, programador e coordenador de projectos com 20 anos de experiência em projectos industriais e de R&D (FP6, FP7, Horizon 2020).Estudou linguística computacional na universidade de Colónia (Alemanha). Especializado em tecnologia com vasta experiência em aeronáutica, espaço, segurança, logística, sistemas operativos, inteligência artificial e outras áreas. Especializado também em gestão de projectos, estratégia de inovação e programas de R&D europeus. Trabalhou em Portugal com Netpeople (Glintt) e Skysoft (GMV) onde era líder do grupo de R&D em sistemas embarcados.

A AAVANZ oferece serviços de gestão de inovação e suporta PMEs e start-ups a obter financiamento em programas Europeus de I&D e Inovação para suportar o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços. Áreas de actuação: projectos de ICT, Aeroespacial, Segurança, Transportes, Ambiente, Energia e Saúde.

 


[1] Small and Medium Enterprise (PME)

[2] Desconto de 10% para 2 ou mais participantes da mesma organização

AAVANZ Newsletter #1 2015 – EU innovation champions league

Nesta Newsletter:

1. Caso de Sucesso no Horizon 2020 – Unbabel na “EU innovation champions league”

2. Como preparar uma proposta competitiva para o Horizonte 2020 – Formação Instrumento PME

3. Evento LISPOLIS 11 Fevereiro – Horizon 2020: Biliões, I&D, Lobby e Inovação no Mercado

4. AAVANZ na Revista Pontos de Vista: Internacionalização – Estratégia e Crescimento 2020

5. 2015 – Não deixe escapar o ano de oportunidades – 260 milhões de euros para Startups e PMEs

6. Nova iniciativa-piloto no Horizon 2020 – Fast Track to Innovation (FTI)

7. Escolhas do mês – Inteligência Artificial e as Delícias da Inovação: TEDtalk – The wonderful and terrifying implications of computers that can learn; Businessweek – The Many Faces of Oreo, Some of Them Weird

 

Link para a newsletter

Concursos H2020 SME Instrument em 2015

O Instrumento PME (SME Instrument) é um instrumento de apoio à Investigação e Inovação, um programa específico do “Horizonte 2020” – o Programa-Quadro Europeu atualmente em vigor. As oportunidades para 2015 envolvem um orçamento aproximado de 260 milhões de euros: 26,56 milhões para projetos em primeira fase e 233,70 milhões para projetos em segunda fase. As deadlines em 2015 são a 18 de Março, 17 de Junho, 17 de Setembro e 16 de Dezembro.

As áreas abertas a concurso, tópicos e respetivo orçamento estimado, encontram-se indicados na seguinte tabela:

smei table

Sessão de preparação de propostas para o programa Horizonte 2020 – SME Instrument

INSCRICOES ENCERRAM NO DIA 12 DE FEVEREIRO

http://www.anje.pt/portal/anje-sessao-de-preparacao-de-propostas-para-o-programa-horizonte-2020

A ANJE promove, nos próximos dias 26 e 27 de fevereiro, uma “Sessão de preparação de propostas para o programa Horizonte 2020″, nas instalações da sua sede nacional, no Porto. O Horizonte 2020, maior programa Europeu de I&D e Inovação para o período 2014-2020, tem uma dotação avaliada em 80 mil milhões de euros de financiamento e será o tema central desta formação prática.

Durante dois dias, os participantes vão focar atenções no SME Instrument H2020, nova tipologia de projeto nos programas comunitários que pretende acelerar a introdução de tecnologias, serviços, processos e produtos de elevado potencial no mercado mundial. Para 2014, este instrumento dirigido às PME já disponibilizou 240 milhões de euros de financiamento, sendo que para o próximo ano o montante concedido deverá chegar aos 260 milhões de euros. Este programa já tem também concursos abertos em permanência e três deadlines definidos para o ano de 2015 (18 de Março, 17 de junho, 17 de setembro e 16 de dezembro).

https://www.facebook.com/ANJETechEntrepreneurship

Formação SME Instrument Novembro/2014

Inscrições para a Formação Prática para PMEs, start-ups e Empreendedores
Preparação de propostas para o programa H2020 – I&D e Inovação: Horizon 2020 – SME Instrument
Edifício ICAT/Teclabs, Campus da FCUL, Campo Grande, Lisboa

Sessão de 5 e 6 Novembro de 2014 Horário: 09:30 às 18:30

A realização da formação está condicionada à inscrição de um mínimo de participantes.

Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/19UGEGvPr8rGyE_kTvDDqcdHEJaK_zYYuNwkUzHFE_ig/viewform

O Horizon 2020 (H2020) é o maior programa Europeu de I&D e Inovação, com cerca de 80.000 Milhões de Euros de financiamento, decorre de 2014 a 2020 e tem foco nos desafios societais e na competitividade industrial.

Esta formação prática será focada no SME[1] Instrument do H2020, um novo tipo de projecto nos programas Europeus que pretende acelerar a introdução de tecnologias promissoras, serviços, processos ou produtos no mercado mundial. Com concursos abertos em permanência, as próximas deadlines são a 17 de Dezembro de 2014 e 18 de Março de 2015.

O SME Instrument cobre as 3 fases do ciclo de inovação:

– Fase 1: análise do conceito e avaliação de viabilidade

– Fase 2: actividades de I&D, demonstração e replicação de mercado (inovação)

– Fase 3: comercialização e financiamento (crescimento e atracção de investidores)

Business Coaching financiado nas Fases 1 e 2

Destina-se a SMEs altamente inovadoras com ambições globais, com potencial de alto crescimento, que queiram criar disrupção em mercados e redes de valor já existentes.

Em 2014 estão disponíveis cerca de 240 Milhões de Euros de financiamento e para 2015 o orçamento é de cerca de 260 Milhões de Euros.

Localização: Edifício ICAT/Teclabs, Campus da FCUL, Campo Grande, Lisboa
Mapa (Google Maps): http://tinyurl.com/md2muxp

Datas: 5 e 6 de Novembro de 2014 – Horário: 09:30 às 18:30, com 2 coffee-breaks (almoço livre)

 

Preço: 300 €[2] + IVA – inclui certificado de frequência

Inscrições até 31 de Outubro de 2014: https://docs.google.com/forms/d/19UGEGvPr8rGyE_kTvDDqcdHEJaK_zYYuNwkUzHFE_ig/viewform  Inscrições limitadas a 20 participantes – Informações: info@aavanz.com

 

05/11/2014       Sessão 1

Introdução Geral aos programas Europeus de I&D e Inovação

– Introdução ao H2020 – estrutura e objectivos

– Instrumentos de financiamento no H2020 para PMEs e start-ups – regras, tipos de projectos e áreas tecnológicas

SME Instrument – introdução e estrutura

– Regras de elegibilidade, Objectivos, fases, tópicos abertos

– Uma candidatura SME Instrument – visão de alto nível

– O processo de preparação, registo da organização, validação de SME, componentes administrativas e orçamentais

– Papel dos mentores e inscrição como mentor

Apresentação de uma candidatura genérica ao SME instrument

Exemplo de como um projecto de I&D pode ser apresentado ao SME Instrument:

– Decisão de concorrer e escolha da área tenológica

– Planeamento do timing dos concursos – fases 1, 2 e 3

– Apresentação da elaboração da candidatura na fase 1: as diferentes fases de um estudo de viabilidade

– Aspectos detalhados de financiamento, avaliação, operação financeira e preparação da candidatura

06/11/2014       Sessão 2

Apresentação da elaboração da candidatura na fase 2

– A fase 2: do estudo de viabilidade até ao scale-up de um projecto empresarial

– Aspectos detalhados de financiamento, avaliação, operação financeira e preparação da candidatura

– O que fazer e o que não fazer numa candidatura de fase 2

Caso prático dos participantes

– Elaboração de uma candidatura de alto nível – outline proposal – para a fase 1 com base numa ideia dos participantes – trabalho prático

– Actividades expectáveis na fase 3

 

Os materiais da formação em Inglês, para maior proximidade à língua de preparação de candidaturas e ao contexto internacional. As sessões serão realizadas em Português.

 

Formador

Pedro Ferreira                Consultor Othersigns, Innovation Manager AAVANZ, fundador da Beta-i

Consultor e Formador em Sistemas de Gestão da Qualidade, Responsabilidade Social, Sustentabilidade e Inovação, Criatividade e Mudança Organizacional Positiva. Consultadoria Estratégica e em Inovação orientada para PMEs e start-ups, com foco na Knowledge-based Bioeconomy (KBBE) e Life Science. Foi Director Técnico de Desenvolvimento de Produtos e Gestor dos Produtos na SGS, de, entre outros Certificação IDI /NP 4457:2007 – Investigação, Desenvolvimento e Inovação. Formador em Sistemas de Gestão da Investigação, Desenvolvimento e Inovação e Docente na Pós-Graduação em Sistemas Integrados de Gestão pela Universidade Fernando Pessoa e NERA/SGS. Mestrado em Biotecnologia (IST) e pós graduação em Prospectiva, Estratégia e Inovação (ISEG). CAP certificado nº EDF 12497/99DL.

Participantes nas sessões

Nuno Cunha                    CEO AAVANZ

Empresário, associado da Beta-i e arquitecto de projectos inovadores. Licenciado em Engenharia Informática e de Computadores pelo (IST) com pós graduações em Prospectiva, Estratégia e Inovação (ISEG) e Competitividade e Estratégia para o desenvolvimento das Empresas (ISEG). Especializado em Tecnologia, Gestão, Finanças e programa Europeus de financiamento à I&D e Inovação. Foi co-fundador da Tekever, tendo passado pela Link, Critical Software e PEMAS. Participou na génese de várias start-ups de base tecnológica e realizou diversas candidaturas a fundos Europeus (FP5, FP6, FP7, CIP e H2020) e nacionais (PRIME e QREN).

Tobias Schoofs               Innovation Manager AAVANZ

Consultor, programador e coordenador de projectos com 20 anos de experiência em projectos industriais e de R&D (FP6, FP7, Horizon 2020).Estudou linguística computacional na universidade de Colónia (Alemanha). Especializado em tecnologia com vasta experiência em aeronáutica, espaço, segurança, logística, sistemas operativos, inteligência artificial e outras áreas. Especializado também em gestão de projectos, estratégia de inovação e programas de R&D europeus. Trabalhou em Portugal com Netpeople (Glintt) e Skysoft (GMV) onde era líder do grupo de R&D em sistemas embarcados.

A AAVANZ oferece serviços de gestão de inovação e suporta PMEs e start-ups a obter financiamento em programas Europeus de I&D e Inovação para suportar o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços. Áreas de actuação: projectos de ICT, Aeroespacial, Segurança, Transportes, Ambiente, Energia e Saúde.



[1] Small and Medium Enterprise (PME)

[2] Desconto de 10% para 2 ou mais participantes da mesma organização